01/05/2011

Ayrton Senna: eternas saudades


"[Ao sagrar-se tricampeão]


Para ser honesto, não me sinto o maior ídolo brasileiro. Não me sinto uma pessoa tão importante assim para merecer uma festa durante uma noite toda no Brasil."

"Acidentes são inesperados e indesejados, mas fazem parte da vida. No momento em que você se senta num carro de corrida e está competindo para vencer, o segundo ou o terceiro lugar não satisfazem. Ou você se compromete com o objetivo da vitória ou não. Isso que dizer: ou você corre ou não."

"Não sei dirigir de outra maneira que não seja arriscada. Quando tiver de ultrapassar vou ultrapassar mesmo. Cada piloto tem o seu limite. O meu é um pouco acima do dos outros."

"O medo me fascina."

"Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá."


                                                       
"[Morte]

O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa e que ela vai chegar."



Destemido, arrojado, a busca do limite do homem, a conquista, a coragem, o sorriso, a lágrima. Ayrton Senna além do limite. ACELERA CAMPEÃO!!!

Ayrton Senna da Silva.
(*21.03.1960 - †01.05.1994)

















2 comentários:

  1. Realmente, Ayrton Senna faz muita falta para o mundo inteiro principalmente no Brasil.
    Mas o importante é que ele esta numa outra vida agora e esta bem nela, e de la esta nos observando e um dia a gente se encontrará com ele quando deixarmos esse mundo.

    ResponderExcluir
  2. Verdade, ele faz muita falta mesmo. Quando ouço aquela música só vem ele na cabeça, eu não queria que ele se fosse. Mas é como diz o outro saldoso Renato Russo: Os bons morrem jovens.

    ResponderExcluir

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...