16/05/2017

O empoderamento feminino cantado por cantoras sertanejas

A dupla Maiara & Maraisa, Marília Mendonça, Naiara Azevedo e a dupla Simone & Simaria são os grandes nomes femininos da música sertaneja na atualidade. Imagem: Reprodução.



     Nos últimos tempos a música sertaneja tem sido invadida por cantoras mulheres. Em dupla ou seguindo carreira solo, estas mulheres têm enriquecido com a música, feito vários shows mundo afora e emplacando hits. Um dos reflexos da grande quantidade de mulheres que vem fazendo sucesso dentro deste estilo musical é o empoderamento do sexo feminino cantado por estas mesmas mulheres. 
     Quando se fala em música sertaneja brasileira, os nomes mais populares são Chitãozinho & Xororó, Zezé di Camargo & Luciano, Leandro & Leonardo (Depois da morte do irmão, Leonardo seguiu carreira solo), João Paulo & Daniel (Depois da morte de João Paulo, Daniel seguiu carreira solo), Sérgio Reis, Tonico & Tinoco e Milionário & José Rico por exemplo. A grande sensação do momento é o sertanejo universitário, uma vertente do tradicional ritmo sertanejo que se caracteriza por não ser um sertanejo raiz e que, além disso, trás consigo uma levada pop. Nomes conhecidos deste segmento são: Gusttavo Lima, Munhoz & Mariano, Fernando & Sorocaba, Henrique & Juliano, Marcos & Belutti, Michel Teló e Luan Santana (que atualmente não está tão sertanejo universitário assim). 
      Nos últimos anos a música sertaneja está sendo invadida por cantoras mulheres. Simone & Simaria, Naiara Azevedo, Marília Mendonça, Maiara & Maraisa e Paula Fernandes são alguns exemplos. É importante lembrar que a presença de mulheres na música sertaneja não é algo recente, pelo contrário. Roberta Miranda e as Irmãs Galvão (atualmente As Galvão) estão aí em plena atividade para provar isso. 


As Galvão, dupla sertaneja composta de duas irmãs, estão em atividade desde 1947, sendo a dupla sertaneja com mais tempo em atividade no Brasil. Imagem: Reprodução. 


      Esta onde de mulheres na música sertaneja tem trago reflexos na mesma. Talvez o mais evidente é a mensagem contida nas músicas cantadas por estas mulheres. Em suas músicas, elas sofrem a dor da perda de um grande amor, se afundam na bebida, expressão seus sentimentos sem pudor algum e dão a volta por cima. Estas atitudes vão contra o perfil da mulher donzela: a bela e indiferente que esperam o homem tomar atitude. Em Infiel, a cantora Marília Mendonça conta a história de uma mulher que toma atitude e coloca o marido para fora de casa após uma traição (por isso o título Infiel). Já em Loka, hit da dupla Simone & Simaria e que tem a participação de Anitta, a história é de uma mulher incentivando a amiga a dar a volta por cima após romper com um homem que a fez sofrer e que, além disso, não dá sinais de que irá mudar seu comportamento. Em Meu Violão e o Nosso Cachorro, mega hit da dupla Simone & Simaria, a questão gira em torno de um relacionamento que pode chegar ao fim. Nesta música, o eu lírico garante que se não ficar junto de seu amor, ele pode beber e chorar, mas da casa onde vivem só levará o violão e o cachorro. 
      Se vocês repararem bem, em nenhum momento neste texto foi usada a palavra feminismo, mas sim a palavra empoderamento. Eu, Marllon Alves, particularmente prefiro não chamar tais cantoras de feministas, até porque a maioria delas nem levantam a bandeira do feminismo. Prefiro usar o termo empoderamento feminino porque mesmo que elas não falem em feminismo propriamente dito, elas incentivam a mulher a tomar uma atitude, procuram levantar a auto-estima da mesma e adotam um comportamento que culturalmente não é visto como adequado para a mulher, como por exemplo o hábito de beber, ir para a balada e sair com vários homens. O mega sucesso Cuida Bem Dela, da dupla Henrique & Juliano e que possui milhões de visualizações  no Youtube, é composta por quatro pessoas, entre elas Marília Mendonça e Maraísa, que faz dupla com a irmã gêmea Maiara (ambas tem feito grande sucesso em todo o país). A música é criticada por algumas feministas porque o eu lírico fala da mulher como quem fala de um carro muito valioso. É como se estivesse entregando um carro para alguém e dissesse: "tome cuidado com isso". Mulher não é nenhuma coitadinha e nem precisa de alguém para cuidar dela.

Conclusão

      A grande quantidade de mulheres cantando músicas sertanejas (e que tem feito sucesso com isso) tem como principal reflexo a mensagem presente nas canções das mesmas. Tais procuram levantar a auto-estima da mulher e incentivam a mesma a tomar atitudes quando preciso. Isso vai de encontro ao papel tradicionalmente considerado feminino, ligado a submissão e a dependência. Mesmo que em algum momento estas mulheres reproduzam o machismo, não se pode negar o empoderamento feminino cantado pelas mesmas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...