25/04/2017

Paquitos e representatividade masculina

Em cima (da esquerda para a direita): Alexandre Canhoni, Robson Barros e Marcelo Faustini. Embaixo (da esquerda para a direita): Egon Júnior e Cláudio Heinrich. Os paquitos podem não ter feito tanto sucesso quanto as paquitas, mas mesmo assim eles tiveram seu brilho. Imagem: Reprodução. 

     Era a segunda metade da década de 1980 e Xuxa Meneghel apresentava nas manhãs de segunda a sábado o Xou da Xuxa. O programa era um sucesso absoluto, bem como tudo o que envolvia o nome de Xuxa. As paquitas já eram consagradas e muitas meninas sonhavam em ser uma. O estrondoso sucesso que as paquitas estavam fazendo levou a criação de uma versão masculina do grupo: os paquitos.

Sonho de Verão (1990) é um filme que reúne paquitas, paquitos e grande elenco. O longa fez um grande sucesso. Uma curiosidade: os casais do filme eram namorados na vida real. Imagem: Reprodução. 

     Motivados pelo estrondoso sucesso das paquitas, resolve-se então criar a versão masculina do grupo. Moços de todo o país se candidataram ao posto. Após uma rigorosa seleção, os jovens escolhidos foram: Marcelo Faustini, Robson Barros, Egon Barbosa, Alexandre Canhoni, Cláudio Heinrich e Yuri Martins (que entrou no lugar de Robson depois que o mesmo saiu do grupo). Os meninos faziam basicamente as mesmas funções que as paquitas: olhavam as crianças enquanto as paquitas se apresentavam, além de realizarem apresentações próprias. Os paquitos ajudavam Xuxa a descer da nave e levavam o café da manhã do Xou. Os paquitos não fizeram o mesmo sucesso que as paquitas (grupo que acompanhou Xuxa até 2002) e o único disco que o grupo gravou foi premiado com Disco de Ouro. Músicas como Nova Onda, Muito Prazer, Paquidance e Vem Dançar Rumba caíram no gosto do público.

Assim como as paquitas, os paquitos usavam fardas de soldado, mas somente em ocasiões especiais. Na maior parte do tempo eles usavam terno e gravata, como se pode ver nesta foto. Imagem: Reprodução. 

     Ao contrário das paquitas, que costumavam iniciar seus trabalhos com Xuxa no início da adolescência, os paquitos que trabalharam ao lado da Rainha dos Baixinhos já estavam em meados da mesma, por volta dos 17 anos. Eles eram altos (com exceção do Robson, que é baixinho), fortes, brancos e loiros. Além disso, eles usavam o penteado da época: o Egon (apelidado de Gigio) ostentava um corte de cabelo no estilo Chitãozinho & Xororó, que estavam em alta na época. Já o Alexandre Canhoni (Xandi) exibia um grande topete loiro. Os moços apareciam no programa de Xuxa usando terno e gravata, como pode ser visto na foto acima. As fardas de soldados eram usadas esporadicamente. Desta forma, os paquitos faziam a linha príncipe encantado, sendo cobiçado por muitas meninas e meninos também. Para reforçar ainda mais essa linha, os paquitos costumavam fazer ensaios descamisados. No palco, os rapazes cantavam (quase sempre usando fardas de soldado) e faziam coreografias elaboradas que pareciam golpes de luta; sempre com movimentos rápidos, firmes e precisos. A TV dos anos 1980 era praticamente um território sem lei. Desta forma, crianças e adolescentes eram excessivamente expostos na mídia. Com isso, assim como os paquitos apareciam descamisados em fotos, os marotos (apelido dado aos assistentes de palco de Mara Maravilha, que nesse período rivalizava diretamente com o Xou da Xuxa. A morena tinha um programa infantil no SBT) apareciam da mesma forma. Eles tinham aproximadamente a mesma idade que os paquitos. Nesta época, era praticamente inexistente uma legislação que protegesse crianças e adolescentes.

Assim como os paquitos, os marotos, assistentes de palco de Mara Maravilha, costumavam tirar fotos sem camisa. Se fosse na atualidade, a emissora (que no caso é o SBT) e toda a equipe responsável teriam sérios problemas com a justiça. Imagem: Reprodução, Facebook. 

      Os jovens iam à loucura com os "sobrinhos de tia Xuxa". Os paquitos foram populares, mas não tanto quanto as paquitas. Desta forma, com o fim do Xou da Xuxa, o grupo paquitos também chegou ao fim.

Conclusão

     Os paquitos representavam um determinado perfil de moços: brancos, loiros, altos e fortes. Aliando beleza e figurino, eles faziam a linha príncipe encantado, sendo desejados por meninos e meninas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...