28/03/2012

Lady Gaga é Born This Way!

          Lady Gaga, mais conhecida como Stefani Joanne Angelina Germanotta nasceu em Nova York no dia 28 de Março de 1986. Como hoje é o aniversário da Little Monster, o 'A Hora' não poderia deixar de falar sobre a diva pop.
          Lady Gaga nasceu em uma cidade em Nova York no seio de uma família ítalo-americana, filha mais velha de um profissional que trabalhava na área da internet e de uma mulher que trabalhava com telecomunicações. Gaga estudou em um colégio católico sitiado em Manhattan,  onde afirmou nunca se encaixar no perfil das demais crianças que estudavam no mesmo colégio. Além disso, Germanotta disse também ser sofrido bullying nos tempos em que frequentava o colégio, mas este fator não serviu de impedimento para que esta viesse a se tornar uma estudante muito dedicada, tendo sempre a música como prioridade.

Inserção na vida musical

          Gaga aprendeu a tocar piano quando tinha apenas quatro anos de idade. Quando era adolescente escreveu a sua primeira canção. Já aos quatorze anos começou a se apresentar em casas noturnas. Mais tarde, Gaga inicia a sua carreira assinando um contrato com uma gravadora, mas que este só duraria por três meses. Nesse contexto, ela foi apresentada ao produtor RedOne e a primeira canção produzida por ambos foi Boys Boys Boys. Em seguida, mudou para o sudoeste de Nova York e gravou algumas canções com Melle Mel, que por sua vez deu início a Stefani Germanotta Band, um grupo composto por alguns amigos da universidade e que tiveram as suas músicas gravadas em um estúdio abaixo de uma adega em Nova Jersey.
          Compositora como só ela é, Gaga fez parte da Famous Music Publishin (que foi adquirida pela Sony/ATV Music Publishing) e compôs para Fergie, Pussycat Dolls e muitos outros da gravadora. Enquanto compunha, o cantor Akon reconheceu as suas habilidades vocais e conseguiu um acordo para que Lady Gaga também fizesse parte de sua própria gravadora, a Kon Live Distribuition. Era o começo do sucesso!

'Boom' da carreira

          O albúm de estreia The Fame teve uma excelente aceitação da e não só da crítica. A prova disso está no fato de o albúm ter atingido a primeira posição na Aústria, Reino Unido, Canadá e Irlanda. Em proporções mundiais o albúm vendeu aproximadamente doze milhões de cópias. O hit Just Dance ficou em primeiro lugar nos mesmos países onde o CD atingiu a primeira posição. Mais tarde Gaga recebeu uma indicação ao Grammy Awards por Melhor Gravação Dance. A música Poker Face (do mesmo CD) atingiu um sucesso ainda maior, alcançando países como o Reino Unido e os Estados Unidos. Ainda com Poker Face, Gaga ganhou um prêmio por Melhor Gravação Dance em uma edição do Grammy Awards, além de indicações para Canção do Ano e Gravação do Ano. O albúm como um todo foi indicado foi indicado para a premiação de Albúm do Ano, ganhando a categoria de Melhor Albúm Eletrônico/Dance. Lady Gaga lançou também o albúm intitulado The Fame Monster. Este mesmo albúm é inspirado e baseado nas experiências de Gaga com relação ao lado sombrio da fama.
          No dia 13 de Fevereiro Gaga ganhou três prêmios Grammy, a saber: Melhor Performance Vocal Feminina de Música Pop por Bad Romance, Melhor Albúm Pop por The Fame Monster e Melhor Videoclipe de Curta Duração também por Bad Romance. Nesta mesma cerimônia Gaga interpretou pela primeira vez Born This Way, música escolhida para ser o primeiro single do albúm.
          A Gaga que conhecemos nada mais é do que o resultado de influências de cantores como Cher, Cindy Lauper, David Bowie (Em quem você acha que ela buscou inspiração para aquele raio desenhado no rosto muito usado por ela no começo da carreira?), Grace Jones, Madonna, Michael Jackson (Não é mera coincidência que os clipes dela são demasiadamente longos. Não preciso dizer em quem está a inspiração para tal atitude), Prince, Queen (O nome Gaga vem de uma música do grupo que tem por nome Radio Ga Ga) e Whitney Houston.
          Muita gente não sabe, mas Lady Gaga também já fez alguns trabalhos como atriz. Dentre tais estão uma participação em Família Soprano. O episódio foi exibido no dia 22 de Abril de 2001, onde Gaga aparece interpretando a 'garota da natação'. Para quem deseja ver a Gaga na série, ela aparece no episódio três da terceira temporada. A série foi lançada em formatos de DVD e download digital. Gaga atuou também como ela mesma em uns episódios para a HBO também em Gossip Girl. Além disso, há  uma participação ainda a ser exibida pelos Os simpsons, que tem previsão de exibição na temporada 23. O sucesso de Gaga faz com que ela apareça como ela mesma nos mais diversos seriados.

Polêmicas da Little Monster

          Se a carreira de Gaga é cada vez mais intensa e conhecida, as polêmicas também a acompanham. Todos ao mesmo tempo conhecem as músicas dançantes e envolventes de Gaga, mas também conhecem as suas polêmicas e excentricidades.
          A primeira caracterísitca marcante de Gaga é o figurino excêntrico e elaborado. Ombreiras, maquiagem pesada e saltos demasiadamente altos são uma marca própria da cantora em questão e além disso as suas performances são sempre motivos de escândalos de ordem internacional. Dentre as várias polêmicas se destacam um evento onde ela apareceu para a premiação com um vestido feito de carne. Os membros de associações protetoras dos animais de defensores do meio ambiente não gostaram nem um pouco da atitude da moça. Além disso, ainda em um outra premiação, Gaga aparece vestida com o seu alter ego Joe Calderone, recusando-se a ser chamada pelo nome que a tornou famosa
          Com relação aos clipes e as músicas não é diferente. Em suas produções musicais a mistura entre religião e sexo quase sempre são a tona, não agradando, é claro, a todos. No clipe Alejandro (aquele em que o namorado da Yasmin Brunet aparece nos primeiros momentos do clipe) a mistura é bem marcante, onde a cantora aparece por vezes vestida de freira, engolindo um crucifixo e fazendo coreografias com dançarinos trajando roupas de cunho religioso executando coreografias que faziam alusão as diversas posições sexuais. Com o vídeoclipe Judas a situação não é muito diferente e o clipe e a música Born This Way foram censurados na Malásia, país com uma maioria muçulmana e com perfil conservador. O argumento estaria  no fato de Gaga estar afrontando os costumes e as regras religiosas dos habitantes da Malásia. No final das contas, o governo local permitiu que a música e o clipe fossem exibidos, desde que as partes que supostamente faziam alusão a homossexualidade fossem censuradas. Ainda com relação as polêmicas ligadas a religião, certa feita o líder de uma Igreja Batista conhecida pelo seu alto conservadorismo criticou duramente a Lady Gaga e os seus fãs. Em resposta, Lady Gaga recomendou que seus fãs ignorasem os comentários, afirmando que eles eram mais afortunados e abençoados do que os fiéis.
          Enquanto estudava na Universidade de Nova York gaga escreveu diversas dissertações e artigos analíticos, focando sempre nos assuntos relacionados a arte, a questões sociais, políticas e religiosas. Pelo fato de ter estudado bastante sobre a religião, certamente este é um fator decisivo para que venha a realizar trabalhos musicais envolvendo este tema.

Influenciando a sociedade

          As revistas Forbes e Time elegeu Gaga como a personalidade mais influente do ano de 2011. Nesse mesmo ano a cantora terminou o ano com um rendimento avaliado em US$ 90 milhões e a revista Billboard declarou certa feita que Gaga tem um patrimônio avaliado em US$ 25 milhões. O canal VH1 divulgou uma lista onde o nome da cantora aparece na quarta posição das Maiores Mulheres na Música de Todos os Tempos. Além disso, Lady Gaga é atualmente uma das cinco pessoas mais bem remuneradas do mundo, além de estar presente entre as vinte e cinco pessoas mais influentes do mundo. Quando o assunto é rede social, a diva pop não fica atrás. Gaga tem uma conta no Twitter que é seguida por mais de 20 milhões de pessoas, ultrapassando em número de seguidores famosos como Katy Perry, Rihanna, Justin Timberlake, Shakira, Justin Bieber e Adele, a mais nova sensação do momento.
          Gaga também é um forte ativista da comunidade LGBT (não se pode deixar de lembrar que Gaga causou polêmica em torno de seu suposto hermafroditismo, fato igualmente repetido quando assumiu sua bissexualidade). Um dos motivos de Gaga ser uma forte ativista dessa camada da sociedade está no fato de a cantora ter um grande número de fãs dentro desse contexto. Certa feita Lady Gaga disse que quando ninguém acreditava em seu talento, quem a ajudou, lançando-a inclusive na fama foi o público LGBT. Além disso, os seus vídeoclipes e músicas tem sempre uma alusão a homossexualidade. Uma certa feita a cantora confessou que Poker Face é uma música que fala de sua bissexualidade.

Lições aprendidas com Lady Gaga

          Muitas pessoas afirmam que a música de Gaga é dedicada única e exclusivamente aos gays e que por conta disso o seu público maior são justamente eles. Mas olhando sobre uma outra perspectiva, um outro olhar, pode-se chegar a conclusão de que a música que Gaga canta não é só dedicada a eles. Em praticamente todas as suas músicas Gaga ensina que todo ser humano é um ser humano e que ele deve ser valorizado como ele é. Sobretudo o ser humano deve se valorizar, se aceitar, ser como de fato é, não se escondendo em máscaras ou qualquer outra coisa. A máxima da ideia pregada por Gaga é que a pessoa deve se aceitar e ser aceitada como é, encontrando dentro de si mesma a paz interior e a felicidade, indo contra a padronização pregada pela sociedade através da moda.
          Lady Gaga desafia a conservadora sociedade do século XXI mostrando uma outra opção de vida ante as pessoas, mostrando que é possível ser feliz, mesmo tendo a presença de muitos monsters.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...